Petição anti-senhor-Vital-com-todo-o-respeito-que-lhe-tenho

Hoje em dia, com o advento da Internet, tudo e mais alguma coisa acaba como petição online. As mais flagrantes neste momento são a da Alexandra, que coitada, foi obrigada a trocar o quente Verão português e praia a meia-hora de carro, por uma aldeia siberiana ou algo que se pareça, algures onde Judas perdeu as botas e faz um frio de ficar com as mãos roxas, pela imparcial, incorruptível, e sabe-se lá mais o quê Justiça portuguesa (que de justiça tem pouco mas lá que é cega é), e a da "Pela Verdade Desportiva", de um tal Rui Santos, que fala de muita coisa mas acaba por não falar de nada, mas que é uma privilegiada, afinal, não é uma petição qualquer que conta com a assinatura do excelentíssimo Presidente da República (verídico) entre a sua lista.
Enfim, e voltando ao tema, decidi então fazer também uma petição (sim, e um blogue também, do qual esta divagação é a primeira de muitas - ou não - entradas de mau gosto) anti Vital Moreira. E porquê esta petição? Será porque o candidato do PS à Europa ser mau político? Será porque é troca-casacas? Não nada disso, simplesmente, e para além de uma possível justificação para esta petição ser a de eu ter demasiado tempo livre, a de que já existem demasiados avôs cantigas em Portugal! E o leitor desse lado, se os ouver, estará a questionar-se, "mas este gajo fumará cubos de caldo de galinha? Só existe um avô cantigas!", também, mas um avô cantigas sozinho já corrompe os nossos gaiatos o suficiente, imaginem dois! Este sozinho chega aos lugares cimeiros do top+ todos os sábados, imaginem se fossem dois...
Vá, lá no fundo, gosto do avô cantigas (é um sentimento superficial, visto que já não compro nenhum álbum dele desde o último que saiu, e tenho três posteres colados na parede do meu quarto, e só um é que é dele, os outros dois são dos Backstreet Boys, que são uma banda de gente crescida), mas de qualquer maneira não gosto do Vital porque: A - não se veste como um palhaço; B - não toca guitarra nem qualquer outro instrumento (vá, talvez toque campainha); C - tenho que ter pelo menos três argumentos.
E assim sendo, visto que agora estão desgraçadinhos, se aí estiverem, por ir assinar a minha petição, e colocar assim de forma inócua alguns dados pessoais vossos na Internet (só nome completo, data de nascimento, BI, número de contribuinte, estado civil, nib bancário, e sabe-se lá mais o quê que vos se peça), decidi que afinal não vou fazer é coisa nenhuma e acabei de desperdiçar 5 minutos da minha vidinha, quando podia ter empregue esse mesmo tempo a organizar por ordem alfabética os países que mais cortiça portuguesa nos compram.

Sem comentários:

Enviar um comentário