Caldeirada de um peixe esquisito


Vi ontem parte da entrevista de Nuno Crato, presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, na TVI24, e fiquei com a ideia de que se o senhor vier algum dia a desempenhar algum cargo público subordinado à Milú, ou a outro ministro da educação qualquer que esteja para sair do forno, as manchetes dos jornais vão ser qualquer coisa como «Ministério da Educação abre concurso público para a aquisição de 45 000 palmatórias de pau». Para além do mais o gajo, é um demagogo, bate no ceguinho onde toda a gente bate aproveitando-se do cargo que tem, mas o que está bem, ou melhorou, ou que não lhe interessa, não merece palavra. Ouvi-o falar mal do exame de 9º ano um porradão de vezes, do de 12º não lhe ouvi nada, porém, o ano passado, dizia bem alto, para quem o quisesse ouvir, ou passasse por perto e fosse atingindo por fogo cruzado, que o exame nacional de matemática de 12º era escandalosamente fácil! Também o que se pode dizer mais de alguém que se acha dono e senhor da verdade e o supra-sumo do conhecimento? Aqui no Alentejo diz-se, deixa-o da mão.

Sem comentários:

Enviar um comentário